Avaliação do Tópico:
  • 0 voto(s) - 0 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Jogos de PC a morrer?
#1
Já se fala nesta questão há muito tempo (anos), e eu nunca concordei com a ideia. Mas... ultimamente...

O argumento sempre foi que há muito mais dinheiro a ser feito em jogos de consolas do que em jogos de PC. É verdade, é um mercado muito maior, nos dias que correm. Outro argumento é que um jogo de consola (mesmo multi-consola) custa muito menos a desenvolver e testar, já que é garantido que toda a gente tem exactamente o mesmo hardware - não há milhentas placas gráficas, placas de som, sistemas operativos (e com que updates?), processadores, memória, etc.. Não há uma questão de "requisitos mínimos" (que, ainda por cima, muitas vezes implica que o jogo fica demasiado lento, ou é necessário tirar quase todo o detalhe para ele ficar jogável).

Mesmo assim, eu sempre resisti a estes argumentos. Os jogos que sempre joguei, afinal, foram em computadores - exceptuando o Videopac, a minha vida em termos de jogos foram um ZX81, vários Spectrums, um Commodore 64, e vários PCs. Isto ao longo de mais de 20 anos. Tudo computadores.

Olhava ocasionalmente para as várias consolas, mas sempre tive a ideia de que eram "para putos" - que os jogos eram sempre mais básicos, mais simples, menos envolventes, e "dumbed down" para criancinhas que deixaram de gatinhar há pouco. Mesmo em termos de tecnologia, pareciam inferiores.

Cheguei a ter amigos com consolas (ex. Sega Megadrive) e achei piada a alguns jogos, mas nunca senti vontade de comprar uma.

Até à Playstation que comprei em 98 (acho eu - pode ter sido em 97). Foi, admito, por causa do Final Fantasy VII. Belo jogo, adorei-o e passei muitas horas a cruzar Chocobos (pássaros gigantes, montáveis... don't ask :oopsSmile. Comprei mais alguns jogos, sobretudo de pancada, que faltavam em PC. Mas este último continuou a ser a minha plataforma principal de jogos.

Agora, estou diferente.

Não sei exactamente quando é que os meus gostos / preferências mudaram - talvez tenha sido gradual. Mas ultimamente, desde que tenho a GameCube e a tenho vindo a explorar cada vez mais, noto o seguinte:

1- apesar de usar bastante o PC, é para outras coisas - navegar na web, comunicar por mail, messengers e afins, trabalhar, martelar o servidor, administrar os meus sites, ler BDs, etc.. Nas últimas semanas acho que não joguei nenhum jogo em PC - quando o faço, é na GameCube.

2- sempre que vejo um jogo que me atrai e que há tanto para PC como para a GC, compro-o para esta última (excepto em casos excepcionais, em que não é realmente o mesmo jogo, mas são 2 jogos diferentes com a mesma história, como é o caso do Splinter Cell). Porquê? Porque sei que não vou ter bugs graves que necessitam de um patch que pode demorar meses a vir (ex. Knights of the Old Republic 2: the Sith Lords). Porque sei que o jogo não vai ficar lento demais (ex. Rome: Total War), nem vou ter de baixar o detalhe. Porque sei que não vai ter uma instalação de 1 GB no disco, que me vai obrigar a andar a ver o que posso apagar ou desinstalar (é ridículo um jogo em consola não ter de ser instalado e no PC precisar de mais de 1 GB no disco e ainda do CD na drive - ex. GTA: Vice City). E porque se o jogo for multiplayer, sei que é bem mais fácil jogar com o pessoal, cada um com o seu comando, e com uma televisão grande, em vez de estarmos à volta de um monitor de PC que é muito menor.

Ah, e a consola custou 99 euros. A minha placa gráfica custou, há um ano, uns 300.

É curioso ver como a opinião de uma pessoa pode mudar tanto ao longo dos anos, mas é um facto que assim sucedeu. Não tenho nada contra jogar no PC, mas ultimamente tudo o que me atrai é na GameCube... e tudo o que penso adquirir em termos de jogos nos próximos tempos é para a mesma (pelo menos até sair a Revolution).

E gostaria de ter comentários. Wink
"Being based on history, the stages of the game will also be based on battles which actually took place in ancient Japan. So here's this giant enemy crab..."
Responder
#2
The world changes, and people with it Biggrin

No, really, I'm serious Smile

Creio que é devido ao que hoje está disponível em ambos os mercados que se verifica a tendência para os jogos de consola pelas muitas razões que mencionaste. Há ainda o factor multiplayer offline que poderás ou não ter mencionado. Basta ver a sessão de insultos que é qualquer jogo jogado nos almoços Biggrin

É talvez a componente social que em muito ajuda isso: ninguém gosta dos Lamers no CS: S a berrar a plenos pulmões para o microfone, ou aqueles que pegam num bot e fazem um flood de spam nos servidores sem o "vote" para os banir, estragando por completo o jogo :x

Eu gosto de variar: claro que a PS2 ter migrado para outra divisão da casa ajuda em muito nisso, mas, por exemplo, tenho a emulação toda no PC, tenho os RTS e FPS todos (Except for Killzone) no PC, e muitos outros jogos (MoO2, Jedi Knight, Disciples 2, etc.) também aqui.

É capaz de ser uma questão de diferenciação de mercado e não de submissão. Os jogos mais comerciais terão tendência a ser desenvolvidos para as consolas: Final Fantasy, os Marios, Tekken, os GTA saem sempre primeiro para as consolas (excepto os 2 primeiros e o 1.5).

O que me preocupa é o que lá o patrão da Sony disse: "A PlayStation3 não vai ser uma consola de jogos" (something like that)... Sad
"I have no answers for you, vermin. Only scorn!"
- The Vyro-Ingo, "Star Control 3"
Responder
#3
Todos no's comecamos por usar fraldas e quando formos velhos tambem as havemos de usar.
Acho que e' isso que te esta' a acontecer. Esta's a ficar velho e a usar fraldas e coisas de miudos.
Smile

(La' mais para a noite faco um comenta'rio a se'rio.)
Responder
#4
Dehumanizer Escreveu:1- apesar de usar bastante o PC, é para outras coisas - navegar na web, comunicar por mail, messengers e afins, trabalhar, martelar o servidor, administrar os meus sites, ler BDs, etc.. Nas últimas semanas acho que não joguei nenhum jogo em PC - quando o faço, é na GameCube.

O que, aliás, me dá uma ideia bastante sinistra: se tenho Windows em casa devido aos jogos, mas actualmente não jogo no PC... talvez seja altura de voltar a ter uma casa Microsoft-free. Tempting, tempting... :twisted:
"Being based on history, the stages of the game will also be based on battles which actually took place in ancient Japan. So here's this giant enemy crab..."
Responder


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico: Autor Respostas: Visualizações: Última Mensagem
  Pirataria de jogos Cobaia 4 2,907 06-05-2013, 15:32
Última Mensagem: Dehumanizer
  Wizardry 4: um dos jogos mais difíceis de sempre Dehumanizer 4 2,561 25-09-2012, 14:13
Última Mensagem: Rufferto
  Teste de conhecimentos de jogos Rufferto 18 12,334 07-06-2011, 21:43
Última Mensagem: Klawfive
  Jogos de Dragon Ball felipeferreira 1 2,094 29-04-2011, 09:40
Última Mensagem: FoxRS
  Jogos maus que jogaram muito Dehumanizer 11 5,548 06-04-2011, 20:19
Última Mensagem: FoxRS
  Jogos de estratégia downloadáveis Dehumanizer 5 10,962 27-03-2010, 11:41
Última Mensagem: Cobaia
  Jogos (mesmo) Grátis FoxRS 0 2,147 07-02-2010, 18:06
Última Mensagem: FoxRS
  Jogos de Spectrum que não envelheceram bem Rufferto 3 3,115 04-09-2009, 10:58
Última Mensagem: Dehumanizer
  Jogos na Austrália Cobaia 1 3,117 04-02-2009, 14:45
Última Mensagem: Rufferto
  Top 20 de fabricantes de jogos. Cobaia 0 6,753 10-03-2008, 09:19
Última Mensagem: Cobaia

Saltar Fórum:


Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)