Avaliação do Tópico:
  • 0 voto(s) - 0 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Resident Evil 4 (GameCube)
#1
Já o tenho. É daqueles jogos que faz valer a pena comprar uma consola só para ele.

Não, este não é com zombies. Parecem uns espanhóis "inbred".

Não há muito a dizer aqui (vejam reviews se quiserem, Google is your friend), mas posso garantir-vos que vão ficar impressionados e maravilhados e assombrados quando o virem. Smile
"Being based on history, the stages of the game will also be based on battles which actually took place in ancient Japan. So here's this giant enemy crab..."
Responder
#2
...os gráficos hão-de estar bons, mas só vendo. Afinal com um comando simplório como é o da NGC, não seria de estranhar que alguns jogos pecassem em jogabilidade por isso 8)
"I have no answers for you, vermin. Only scorn!"
- The Vyro-Ingo, "Star Control 3"
Responder
#3
Right. Porque pôr o botão de OK a verde (e maior) e o de Cancel a vermelho, mantendo os outros neutros, é LÓGICO DEMAIS, e por isso não pode ser. É muito melhor ter jogos que usam o X para cancelar enquanto outros usam o X para OK enquanto outros usam o triângulo e outros o círculo... assim, cada jogo é um poço de surpresas.

Não era lindo que cada marca de carros tivesse os 3 pedais numa ordem diferente? Que metade das torneiras abrisse para a esquerda e a outra metade abrisse para a direita? Afinal, haver uma organização LÓGICA torna tudo monótono... pelo menos deve ser o que a Sony achou.

:twisted:
"Being based on history, the stages of the game will also be based on battles which actually took place in ancient Japan. So here's this giant enemy crab..."
Responder
#4
Dehumanizer Escreveu:Right. Porque pôr o botão de OK a verde (e maior) e o de Cancel a vermelho, mantendo os outros neutros, é LÓGICO DEMAIS, e por isso não pode ser. É muito melhor ter jogos que usam o X para cancelar enquanto outros usam o X para OK enquanto outros usam o triângulo e outros o círculo... assim, cada jogo é um poço de surpresas.

A GC é mais a dizer "Os nossos jogos são tão simples que só precisam de um botão, por isso pusemo-lo enorme e a verde. Nos jogos verdeiramente complexos podem ter de usar um segundo botão, está a vermelho que é para todos o encontrarem." No teclado do PC uma pessoa também usa mais a letra "E" do que a "X"... pela lógica da GC o "E" teria de estar em destaque que era para toda a gente o encontrar mais facilmente. O "X" até podia vir num periférico, já que se usa muito menos vezes.
[Imagem: indiaslb1mj1o.gif]
Responder
#5
rufferto Escreveu:A GC é mais a dizer "Os nossos jogos são tão simples que só precisam de um botão, por isso pusemo-lo enorme e a verde. Nos jogos verdeiramente complexos podem ter de usar um segundo botão, está a vermelho que é para todos o encontrarem."

E no entanto quase todos os jogos que tenho usam quase todos os botões. O único que estou a ver que só usa um é o Super Monkey Ball.

Vocês estão é a ser territoriais, em vez de serem lógicos e racionais e preferirem o melhor. Smile
"Being based on history, the stages of the game will also be based on battles which actually took place in ancient Japan. So here's this giant enemy crab..."
Responder
#6
Mantenho o que digo... pela lógica da GameCube, a tecla "E" nos PCs devia ser muito maior do que as outras, visto usar-se mais vezes. E o escape devia estar a vermelho, já agora.
[Imagem: indiaslb1mj1o.gif]
Responder
#7
rufferto Escreveu:Mantenho o que digo... pela lógica da GameCube, a tecla "E" nos PCs devia ser muito maior do que as outras, visto usar-se mais vezes. E o escape devia estar a vermelho, já agora.

O Enter é diferente das outras teclas, tem um formato e um tamanho diferente. Eu descanso o meu caso. Smile
"Being based on history, the stages of the game will also be based on battles which actually took place in ancient Japan. So here's this giant enemy crab..."
Responder
#8
Primeiro é preciso esclarecer uma coisa, vamos por partes:

Em termos de Versatilidade:
- A PS2 lê DVDs; lê CDs; consegue ler jogos PSX para os mais retro; tem comando à distância para quem quiser usá-la como leitor DVD e para quem quiser experimentar uma maneira altamente marada de jogar; tem porta Ethernet, possibilitando acesso por banda larga à Internet, sendo possível jogar na internet (ainda que, visto estarmos em Portugal, não esteja muito bom); tem séries como Devil May Cry, Tekken, Grand Theft Auto, Virtua Fighter, WWE SmackDown!, the true "Final Fantasy"s; não faz os jogos à base do MESMO personagem em situações completamente absurdas: seria como fazer Dragon Ball Kart Racing, Dragon Ball Soccer Slam, Dragon Ball Cooking Class, Dragon Ball Dragon Ball Tongue; é possível jogar a um máximo de 8 jogadores (acho eu pois poderá dar para mais, mas não conheço nenhum jogo em que tal suceda); tem comandos altamente ergonómicos, liberais e democráticos (na maior parte dos jogos é possível DEFINIR as teclas, de modo a não limitar o jogador a uma configuração simplista que atira à cara do jogador que ele seria burro demais para escolher sozinho); mesmo que não se estreja satisfeito com os comandos, há IMENSOS no mercado, alguns da Logitech, uma marca altamente prestigiada (e por boas razões);
- A GameCube lê SÓ E SÓ MESMO os próprios jogos; é 100% Offline; é "Mario" em 95% dos jogos; quase não tem exclusivos (excepto o Mario Mario, o canalizador com a reforma que teima em não chegar Tongue); tem compatibilidade com GBA (SP ou não)... mas em 1 ou 2 jogos, um dos quais é um remake de um jogo da SNES... DA SNES, DAMN IT, 16 SODDIN' BITS!; os jogos vêm em discos de 15 ou 20 cm, mas ocupam o espaço de uma caixa normal de DVD, há DVDs que ocupam menos espaço; está limitada a um máximo de 4 jogadores, no jogos em que há multiplayer (por exemplo, não é possível fazer um jogo 3v3 no Sega Soccer Slam na NGC, e na PS2 é); dos comandos mais simplórios que já vi e sem qualquer tipo de factor ergonómico que atenue a situação, como foi o caso do da Nintendo64, que estava muito bem construído;

Em termos de preços:
- As consolas e os jogos andam pelo mesmo preço, embora a PS2 possua uma maior abrangência (e de que maneira!) de tipo de jogos;

Em termos de jogos:
- Como sou dono de uma PS2, arrisco-me a ser parcial pois conheço poucos dos jogos NGC e uns quantos PS2 embora, até hoje, a PS2 já me tenha impressionado com jogos como GT4 (nunca pensei ver uma PS2 a correr aquilo com aquela fluidez), Devil May Cry (Dante é um dos melhores "badass" de sempre, ao nível dos jogos), Viewtiful Joe (with Dante, not the wimpy GameCube version Tongue), Kingdom Hearts (muito bom, jogabilidade impressionantemente desafiante {you try defeating Sephiroth} e uma espetacular qualidade gráfica ao nível de FMVs... o FFX e FFX-2 merecem o mesmo aplauso);
- Honestly, na NGC os poucos que me interessaram foram: Ikaruga (e este nem é exclusivo), Super Smash Bros. Melee, na me lembro de mai' nenhum :? (e os gráficos só são melhores porque a consola saiu depois, isso não tem qualquer mérito).

o veredicto é: PS2 é declarada vencedora por supremacia absoluta e indiscutível, com apenas um empate difícil ao nível gráfico (embora este se deva a "release dates" e não a "being the best")

Quanto ao argumento do rufferto, estava excelente e confesso que hilariante também! Se não tivesse escrito isto, diria que eu não faria melhor 8)
"I have no answers for you, vermin. Only scorn!"
- The Vyro-Ingo, "Star Control 3"
Responder
#9
Concordo com quase tudo, mas abro uma excepção para a parte do Dante. Acho-o tão badass como o Eugene lá no wrestling... ou menos, que quando o Eugene fica irritado até me mete algum medo Tongue
[Imagem: indiaslb1mj1o.gif]
Responder
#10
Eu acho que já estás mesmo na fase de "desconversar", tipo dizer que preferias um Mini a um Ferrari porque porque o Mini é mais fácil de estacionar. Smile Mas enfim... dando o benefício da dúvida...

Kanzentai Escreveu:é possível jogar a um máximo de 8 jogadores (acho eu pois poderá dar para mais, mas não conheço nenhum jogo em que tal suceda);

Sim, e há 2 ou 3 jogos que suportam isso. Na GC, todos os jogos em que isso faça sentido suportam 4 jogadores. Na PS2 evitam fazer jogos multi-jogador, na GC são imensos.

Kanzentai Escreveu:tem comandos altamente ergonómicos, liberais e democráticos (na maior parte dos jogos é possível DEFINIR as teclas, de modo a não limitar o jogador a uma configuração simplista que atira à cara do jogador que ele seria burro demais para escolher sozinho);

"Ergonómicos" é discutível. E o "democráticos" é mais uma vez "desconversação" - é como dizer que um quadro em branco é melhor do que qualquer obra de arte, já que cada um pode imaginar lá o que quiser... Biggrin

Kanzentai Escreveu:- A GameCube lê SÓ E SÓ MESMO os próprios jogos;

"Dammit Jim, I'm a games console, not a DVD player!"

Kanzentai Escreveu:é 100% Offline; é "Mario" em 95% dos jogos;

E...? Até acho piada, além de que funciona como uma "garantia de qualidade". Eles não pôem o Mario em qualquer jogo, só nos *deles* - e só em alguns (Metroid Prime, Zelda, anyone?). Há montes de jogos para a GC sem ser da Nintendo (alguns recentes: Need for Speed Underground 2, Splinter Cell: Chaos Theory... por sinal, normalmente com load times bem inferiores à you-know-who - e só não são melhores no resto porque, infelizmente, são ports; isso acontece também na Xbox, andam todas limitadas pela PS2. Sad )


Kanzentai Escreveu:os jogos vêm em discos de 15 ou 20 cm, mas ocupam o espaço de uma caixa normal de DVD, há DVDs que ocupam menos espaço;

Come on, estás mesmo a ficar sem argumentos. Não tarda muito dizes que não gostas da cor (apesar de haver várias). Smile

Kanzentai Escreveu:por exemplo, não é possível fazer um jogo 3v3 no Sega Soccer Slam na NGC, e na PS2 é

Mesmo? Tens a certeza, ou apenas achas que seria absurdo que não desse?


Kanzentai Escreveu:- As consolas e os jogos andam pelo mesmo preço

GC: 99 €
PS2: 149 €

Right... "pelo mesmo preço". Smile

Kanzentai Escreveu:Em termos de jogos:

Metroid Prime: a PS2 não tem nada assim
Metroid Prime 2: idem
Resident Evil 4: sim, eu sei que já não é exclusivo (o dinheiro fala muito alto, afinal), mas já li um artigo em que os programadores diziam que estavam com grandes dificuldades, porque a PS2 pura e simplesmente não aguentava aquilo. Falam em 1/4 - um quarto da qualidade gráfica, para se conseguir mexer minimamente bem. E nem imagino os load times...

Kanzentai Escreveu:(e os gráficos só são melhores porque a consola saiu depois, isso não tem qualquer mérito).

o veredicto é: PS2 é declarada vencedora por supremacia absoluta e indiscutível, com apenas um empate difícil ao nível gráfico (embora este se deva a "release dates" e não a "being the best")

"Empate"? Come on... sê imparcial, please. Smile

Por acaso até ando com vontade de um dia comprar uma PS2 por causa dos Dancing Stages mais poderosos Smile , mas por outro lado esta coisa está-me a tentar... e MUITO.

But I love my Cube. Smile
"Being based on history, the stages of the game will also be based on battles which actually took place in ancient Japan. So here's this giant enemy crab..."
Responder
#11
Dehumanizer Escreveu:mas por outro lado esta coisa está-me a tentar... e MUITO.

Tens que resistir à tentação, que a vida está cara...
[Imagem: indiaslb1mj1o.gif]
Responder
#12
rufferto Escreveu:
Dehumanizer Escreveu:mas por outro lado esta coisa está-me a tentar... e MUITO.

Tens que resistir à tentação, que a vida está cara...

Eu sei. E vou resistir (até porque não tenho escolha, de momento). Mas vê só a review, um bocado... :wink:
"Being based on history, the stages of the game will also be based on battles which actually took place in ancient Japan. So here's this giant enemy crab..."
Responder
#13
Parece catita... mas tal como disse, no poupar é que está o ganho.
[Imagem: indiaslb1mj1o.gif]
Responder
#14
Eu diria que apenas 3/10 casos se utilizam 4 comandos, talvez menos! Há que ver poucos são os jogos que se joga a 2<, o grande mercado destina-se ao Single Player ou ao 1-on-1, nada mais. Daí a PS2 vir com apenas 2 portas para comandos.

Quanto aos jogos: vejo 2, repito, 2 exemplos. 2 First-Person Shooters, por sinal. First-Person Shooters are NOT good console games, unless they have what I refer to as "look, EASY-AIMING!". Pode haver a rara excepção: TimeSplitters 1&2, GoldenEye 64 (ouço falar muito bem deste)...

creio que, em consolas, os géneros mais apropriados são jogos de acção na 3ª pessoa (Metal Gear, Devil May Cry, Baldur's Gate: Dark Alliance e derivados, Viewtiful Joe (este no PC seria um martírio para o jogador, já que só na consola já é demais para muitos... evidentemente, que eu já domei o bicho!), desporto (futebol, ice hockey, wrestling, MMA, basketball, kart racing), "party games" (Karaoke, futebol, compilações de mini-jogos), porrada (Street Fighter, Dragon Ball Z, Soul Calibur, Tekken, Mortal Kombat) e mais alguns de que me possa ter esquecido (jogos de corrida ficam ao critério do público, há volantes&pedais para todas as plataformas (pelo menos para PC e PS2 há, desconheço a existência de tais periféricos para outros sistemas Tongue)

Quanto ao Mario, prefiro o que fizeram ao Sonic: quase foram longe demais com ele, mas preferiram "acalmar" as coisas. Nada deve depender de uma só coisa, seja o que for!

Acho que uma consola deve ser versátil, não fica mal ler algo mais que jogos (afinal, as revistas temáticas costumam trazer artigos multimédia (CDs, DVDs, MDs, etc) e jogadores que não possuam leitores à parte, ficarão impossibilitados de deles usufruir.

A questão do tamanho das caixas dos jogos é interessante: porque são as caixas daquele tamanho e não de um tamanho adequado? Já agora faziam os jogos da N-Gage com as antigas caixas dos jogos para PC, para 7 ou 8 darem para construir 1 mesa e 4 ou 5 cadeiras Biggrin

Another reason why Sony rocks: não dependem dos jogos para sobreviver, têm, diria, 85% do negócio centrado em coisas não PlayStation, o que dá liberdade e "à vontade" aos que trabalham nas coisas PlayStation para sairem coisas melhores, de modo a não suceder o que sucedeu com a Xbox Smile

Para finalizar, a PS2 possui o que mais NENHUMA consola possui: auto-regeneração!! E a nossa é prova indiscutível disso: de velho destroço pronto para a sucata e sem qualquer função, ressuscitou das cinzas, como a lendária Fénix, e agora faz tudo o que fazia antes! Muhahahahaha!

PS: PS2 tem um ar muito mais desportivo, profissional e estiloso que a GameCube! 8)
"I have no answers for you, vermin. Only scorn!"
- The Vyro-Ingo, "Star Control 3"
Responder
#15
Kanzentai Escreveu:Para finalizar, a PS2 possui o que mais NENHUMA consola possui: auto-regeneração!! E a nossa é prova indiscutível disso: de velho destroço pronto para a sucata e sem qualquer função, ressuscitou das cinzas, como a lendária Fénix, e agora faz tudo o que fazia antes! Muhahahahaha!

Ainda estou para perceber como é que isso aconteceu, mas o facto é que antes já não lia nada e agora está praticamente como nova. Alinhamento planetário?


Kanzentai Escreveu:PS: PS2 tem um ar muito mais desportivo, profissional e estiloso que a GameCube! 8)

Isso é uma grande verdade. Uma pessoa que receba visitas em casa deve procurar esconder antes a GC, que aquilo tem um aspecto que mais parece um jack-in-the-box Tongue
[Imagem: indiaslb1mj1o.gif]
Responder
#16
<suspiro>

Kanzentai Escreveu:Eu diria que apenas 3/10 casos se utilizam 4 comandos, talvez menos! Há que ver poucos são os jogos que se joga a 2<, o grande mercado destina-se ao Single Player ou ao 1-on-1, nada mais. Daí a PS2 vir com apenas 2 portas para comandos.

O grande mercado da PS2.

Kanzentai Escreveu:First-Person Shooters are NOT good console games, unless they have what I refer to as "look, EASY-AIMING!".

Ou seja, "não há bons FPSs na PS2, logo FPSs não resultam em consolas". Smile

É como ter uma GB original e dizer "cores? quem é que que precisa dessas mariquices?"

Admite que a PS2 não é perfeita. E que a sua maior vantagem é a quantidade de jogos, bem como montes de exclusivos (porque é lá que está o dinheiro, infelizmente).

Kanzentai Escreveu:Quanto ao Mario, prefiro o que fizeram ao Sonic: quase foram longe demais com ele, mas preferiram "acalmar" as coisas. Nada deve depender de uma só coisa, seja o que for!

Os jogos não "dependem" do Mario. O Mario Kart: Double Dash, por exemplo, continuaria a ser o melhor jogo de karting se em vez do Mario tivesse personagens 100% inventados. Mas para quem gosta dos personagens, é um bónus - assim como um jogo de pancada com o Vegeta e companhia tem mais piada do que um com personagens genéricos, mesmo que tudo o resto seja igual.

Kanzentai Escreveu:Acho que uma consola deve ser versátil, não fica mal ler algo mais que jogos (afinal, as revistas temáticas costumam trazer artigos multimédia (CDs, DVDs, MDs, etc) e jogadores que não possuam leitores à parte, ficarão impossibilitados de deles usufruir.

Aqui é como o Mario - ler DVDs e companhia é um *bónus*, mas considerando que um leitor de DVDs custa actualmente 40 euros - menos do que um jogo... Smile

Kanzentai Escreveu:Another reason why Sony rocks: não dependem dos jogos para sobreviver, têm, diria, 85% do negócio centrado em coisas não PlayStation, o que dá liberdade e "à vontade" aos que trabalham nas coisas PlayStation para sairem coisas melhores, de modo a não suceder o que sucedeu com a Xbox Smile

Hmm? Essa não entendi muito. A Nintendo faz consolas e jogos, a Sony faz consolas, e montes de outras coisas. Daí a dizer que uma é melhor do que a outra por causa disso... não vejo a relação. Para ir por aí, a vantagem seria da Nintendo - "we care about games". A Sony doesn't give a damn.

E o que é que sucedeu com a Xbox? É um sucesso bastante razoável, e este ano já sai a 2...

Kanzentai Escreveu:PS: PS2 tem um ar muito mais desportivo, profissional e estiloso que a GameCube! 8)

Questão de gostos. Uma parece um leitor de DVD, outra tem uma forma única. Biggrin
"Being based on history, the stages of the game will also be based on battles which actually took place in ancient Japan. So here's this giant enemy crab..."
Responder
#17
É verdade que ter leitor de DVD já não é desculpa. mas era na altura em que foi lançada a consola, e durante uns dois anos que se seguiram. quando saiu a consola (90 contos na altura, mas que não me custaram muito a dar), os leitores ainda estavam a um preço levado, portanto era sempre bem vinda esta opção... que agora é um bónus.
Quanto aos comandos. epá, não sei porquê, mas as marcas que fazem comandos pra PC, por exemplo, optam muitas vezes por imitar os da PS2. será porque a ps2 tem mais sucesso? nem por isso. o comando da ps2 é super-hiper-ultra ergonómico... além de bonito (eheh).
A nova PStwo é bastante engraçada. Além de bonita, tem agora uma abertura de cd's muito mais prática (igual ao da Cube, tá bem), quase do tamanho de uma caixa de DVD e... já vem incluída a opçao de ligaçao à ethernet. coisa que custa 8 contitos pra a antiga.
Se a consola por dentro é a mesma e por fora é melhor... se está ao mesmo preço... se é campeã de vendas... se é mais bonita... se tem melhores jogos... é porque quer dizer qualquer coisa.
De todos os fóruns que conheço, este é um deles.
Responder
#18
Enfim, PS2>NGC e pronto! 8)
"I have no answers for you, vermin. Only scorn!"
- The Vyro-Ingo, "Star Control 3"
Responder


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico: Autor Respostas: Visualizações: Última Mensagem
  Resident Evil 4 Wii! Dehumanizer 3 3,373 04-04-2007, 13:48
Última Mensagem: Dehumanizer
  Resident Evil Gaiden: dejá vu... Dehumanizer 9 3,407 04-03-2007, 21:36
Última Mensagem: Kronopt
  Novo Evil Dead Dehumanizer 1 1,941 29-06-2005, 17:19
Última Mensagem: Rufferto

Saltar Fórum:


Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)