Avaliação do Tópico:
  • 0 voto(s) - 0 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Conan da Ciméria no presente
#1
Para quem não o saiba... (e aprecie comics *e* o Conan, é claro)

Em 1978, a equipa da Marvel que escrevia a revista "Conan the Barbarian" (Roy Thomas, John Buscema e Ernie Chan) fez o número 13 da série "What If" (criada pelo próprio Thomas, e escrita por ele nos primeiros números) baseada na seguinte questão: e se Conan, o Bárbaro, andasse na Terra nos dias de hoje?

É uma boa história, com arte meio "barbára" (Buscema + Chan), mas nos dias de hoje. E, realisticamente, como a história se passa em pouquíssimo tempo, o Conan não fala nem tem tempo de aprender inglês, é claro, e por isso não pode comunicar com ninguém (excepto... bem, vejam). No fim -- e, desculpem, mas tenho de spoilar a coisa, por causa da história que se segue -- ele volta à sua era.

Anos mais tarde (1984), Peter Gillis (autor daquele "What If" brilhante em que o Capitão América é descongelado só nos anos 80), com Bob Hall como artista, escreveu algo invulgar: um "What If" dependente de outro "What If" (o anterior, é claro): e se o Conan não tivesse voltado à era Hiboriana, e ficasse preso no presente, em New York?

É uma história interessante. Sim, ele agora tem tempo para aprender inglês (se bem que há cenas cómicas de antes de ele o fazer decentemente), e... bem, é melhor não spoilar. Só digo isto: 1) Conan vestido como um "pimp" dos anos 70/80! Biggrin e 2) na luta contra o Capitão América, há sangue. Smile

Caso não tenham reparado até agora, há links acima. Se não têm como abrir comics, googlem (em Windows) por CDisplay; em Linux têm o Comix.
"Being based on history, the stages of the game will also be based on battles which actually took place in ancient Japan. So here's this giant enemy crab..."
Responder
#2
O Conan sempre teve uma grande facilidade para aprender línguas, mas realmente nestes livros ele aprende inglês muito depressa. Smile
[Imagem: indiaslb1mj1o.gif]
Responder
#3
Bem, no primeiro não aprende, e no segundo não se sabe quanto tempo passou. Anyway, quando se fala umas 10 línguas, aprender mais uma não será muito difícil...
"Being based on history, the stages of the game will also be based on battles which actually took place in ancient Japan. So here's this giant enemy crab..."
Responder
#4
(20-01-2011, 15:08)Dehumanizer Escreveu: Se não têm como abrir comics, googlem (em Windows) por CDisplay; em Linux têm o Comix.

Eu uso o STDUviewer, é uma maravilha. E também lê .pdf.
Ultimamente tenho-o usado para tal, visto que os ficheiros que abro são gigantes, e o Adobe Reader gosta de carregar tudo de uma só vez (10 minutos de loading)
[Imagem: n3taar.gif]
Responder


Saltar Fórum:


Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)