Avaliação do Tópico:
  • 0 voto(s) - 0 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Próximo almoço?
#1
Quando é que se come qualquer coisa? Agora que já nem sequer é preciso levar TV para Tercena, a coisa é bem mais prática. E o que será a ementa da próxima vez?
[Imagem: indiaslb1mj1o.gif]
Responder
#2
Sem querer ser chato, talvez isto ficasse melhor na mailing list do que num fórum público como este... Smile

Mas, sim, podemos pensar já em que salsichas brancas e chucrute comer. :twisted:
"Being based on history, the stages of the game will also be based on battles which actually took place in ancient Japan. So here's this giant enemy crab..."
Responder
#3
Dehumanizer Escreveu:Mas, sim, podemos pensar já em que salsichas brancas e chucrute comer. :twisted:

Piedade, chucrute não! :x
[Imagem: indiaslb1mj1o.gif]
Responder
#4
rufferto Escreveu:
Dehumanizer Escreveu:Mas, sim, podemos pensar já em que salsichas brancas e chucrute comer. :twisted:

Piedade, chucrute não! :x

Chucrute é delicioso Biggrin, cão imundo!!
E vai lindamente com as salsichas brancas... :lol:
Responder
#5
tao Escreveu:Chucrute é delicioso Biggrin, cão imundo!!
E vai lindamente com as salsichas brancas... :lol:

As salsichas brancas tinham o mérito de não ter grande gosto, mas o chucrute era intragável... e muito pouco apelativo à vista desarmada. :shock:
[Imagem: indiaslb1mj1o.gif]
Responder
#6
Colegas..... amigos..... palhaços

Regresso a terras alfacinhas em principios de Junho, ergo, temos que fazer uma jantarada que faça ruborizar o mais depravado dos romanos que sobreviveu a Sodoma e Gomorra.

Muita carne ensaguentada e vinho da mesma côr.

Quem não beber quantidades copiosas do tinto elemento será violentamente esbofetado com o maior dos bifes que se comprar.
There's no stoppin' what can't be stopped, no killin' what can't be killed. You can't see the eyes of the demon, until him come callin'...
Responder
#7
Khorazyn Escreveu:Regresso a terras alfacinhas em principios de Junho, ergo, temos que fazer uma jantarada que faça ruborizar o mais depravado dos romanos que sobreviveu a Sodoma e Gomorra.

Tenho a vaga ideia de que os romanos só vieram muito mais tarde. Os habitantes de Sodoma, por exemplo, eram os Sodomitas. Biggrin

Khorazyn Escreveu:Quem não beber quantidades copiosas do tinto elemento será violentamente esbofetado com o maior dos bifes que se comprar.

Concordo plenamente!!!!!!! Biggrin
"Being based on history, the stages of the game will also be based on battles which actually took place in ancient Japan. So here's this giant enemy crab..."
Responder
#8
Khorazyn Escreveu:Regresso a terras alfacinhas em principios de Junho, ergo, temos que fazer uma jantarada que faça ruborizar o mais depravado dos romanos que sobreviveu a Sodoma e Gomorra.

Já havia romanos em 2024 AC? É que pelo que li Roma só terá sido fundada em 753 AC... Tongue


Khorazyn Escreveu:Quem não beber quantidades copiosas do tinto elemento será violentamente esbofetado com o maior dos bifes que se comprar.

Bifes? Então não vamos comer iscas? Seja como for, já tenho saudades de um bom espectáculo pós-jantar como inevitavelmente tu proporcionas sempre que uma pobre moça tem a triste sorte de se cruzar no nosso caminho Smile
[Imagem: indiaslb1mj1o.gif]
Responder
#9
"Tenho a vaga ideia de que os romanos só vieram muito mais tarde. Os habitantes de Sodoma, por exemplo, eram os Sodomitas. :D"


Realmente a ideia é bastante vaga... mas toda a gente sabe que naqueles tempos as pessoas tinham uma vida muito mais longa. Uma vida mais saudavel... sem estes químicos todos que apoquentam e atormentam a juventude destes dias.

Era tiro ... era balázio.... pum.

"Quem não beber quantidades copiosas do tinto elemento será violentamente esbofetado com o maior dos bifes que se comprar."

"Concordo plenamente!!!!!!!"

Viva o tinto elemento.... e se sobrevivermos fazemos uma feijoada para o almoço do dia seguinte e acabamos o dia a cantar... pega na lancheira vai levar o almoço ao Pai.
There's no stoppin' what can't be stopped, no killin' what can't be killed. You can't see the eyes of the demon, until him come callin'...
Responder
#10
Khorazyn Escreveu:Realmente a ideia é bastante vaga... mas toda a gente sabe que naqueles tempos as pessoas tinham uma vida muito mais longa. Uma vida mais saudavel... sem estes químicos todos que apoquentam e atormentam a juventude destes dias.

Depreendo então que em Timor já tenhas encontrado pessoal com 2 mil anos, que o nível civilizacional aí não deve ser muito diferente do que havia na europa em 2000 AC. Smile


Khorazyn Escreveu:Viva o tinto elemento.... e se sobrevivermos fazemos uma feijoada para o almoço do dia seguinte e acabamos o dia a cantar... pega na lancheira vai levar o almoço ao Pai.

Concordo com tudo menos com a feijoada. Mas que tal experimentarmos pela primeira vez fazer almoço e jantar (sem ser restos do almoço) no mesmo dia lá em Tercena? Não deixaria de ser curioso ver o estado em que já estaríamos à hora do jantar... aliás, desconfio que já só poderíamos comer pizzas ou atum em lata Tongue
[Imagem: indiaslb1mj1o.gif]
Responder
#11
Em Timor já têm muitos dos vícios actuais.... mesmo em termos de poluição... carros a mais, despejam gasolina para campos de cultivo de arroz e outras coisas parecidas... naqueles tempos é que era bom...pelo meno para quem tinha $$$$$. Outros miseráveis apanhavam com o chicote que era para aprender.

Mas também por causa disso é que antes se faziam grandes construções... o pessoal andava mais motivado.

Isso de fazer um almoço pujante seguido de um jantar potente é capaz de ser complicado. Mas não impossível já dizia o nosso amigo Lucas.

Se não for uma feijoada será outra coisa qualquer... o importante é haver alegria (Gato Preto, Gato Branco)

Ia sama Pittbull ..... terrier...... Pittbull ..... terrier......
(já estou a imaginar a festa)
There's no stoppin' what can't be stopped, no killin' what can't be killed. You can't see the eyes of the demon, until him come callin'...
Responder
#12
Khorazyn Escreveu:Isso de fazer um almoço pujante seguido de um jantar potente é capaz de ser complicado. Mas não impossível já dizia o nosso amigo Lucas.

Com sorte é desta que a mulher do quarto andar (o homem já não pode ser) entra no prédio e te encontra a aliviares-te nas escadas, depois de teres saído do quarto e passado por duas casas de banho bastante apelativas. Não faço ideia do que é que ela diria, mas é sabido que não pensa duas vezes a respeito de atirar vasos às pessoas.
[Imagem: indiaslb1mj1o.gif]
Responder
#13
Vai ser lindo, vai! Smile

Entretanto, parece que alguém tem o desplante de fazer anos no próximo Domingo... :roll:
"Being based on history, the stages of the game will also be based on battles which actually took place in ancient Japan. So here's this giant enemy crab..."
Responder
#14
Será que ainda estamos a tempo de lhe comprar uma ovelha?
[Imagem: indiaslb1mj1o.gif]
Responder
#15
Iaics!
Quase que me esquecia dessa esto'ria dos anos.
Hum... La' para sabado penso em qualquer coisa.
Responder
#16
Não é iaics, é iscas! Tongue
[Imagem: indiaslb1mj1o.gif]
Responder
#17
No fundo a Cobaia gosta de iscas tem é vergonha de admitir (lembra-me um dos livros do Preacher). Quem é que não gosta de umas iscas bem sanguinolentas e bem temperadas com vinho e alho? Só alguém completamente perdido para a humanidade e sem qualquer esperança de recuperação possível, i.e. psicologicamente frouxos. Sem o cabedal necessário para lidar com a realidade.

Por falar em cabedal o avatar da Cobaia é muito interessante.... faz-me lembrar um verbo:

Eu Cobaio-a
Tu Cobaias-a
Ele Cobaia-a
Nós Cobaiamos-a
Vós Cobaiavo-la
Eles Cobaiavam-la

Tenho dito....
There's no stoppin' what can't be stopped, no killin' what can't be killed. You can't see the eyes of the demon, until him come callin'...
Responder
#18
Não gostar de iscas é um crime.

Por outro lado, o facto de montes de gente não apreciar tal maravilha gastronómica tem uma vantagem - é graças a isso que iscas são bloody cheap! Smile
"Being based on history, the stages of the game will also be based on battles which actually took place in ancient Japan. So here's this giant enemy crab..."
Responder
#19
Muito bem caro SysAdm

Um excelente uso da expressão "Bloody Cheap".

Não só porque as iscas são na verdade um prato para ser apreciado por quem tem gostos atávicos e bom senso, mas também porque estranhamente são de facto muito baratas.

Haja justiça no mundo. Um dos segredos mais bem escondidos da humanidade... quando descobrirem todo o espectro de propriedades salutares das iscas, estas passam a ser uma "rare commodity".
There's no stoppin' what can't be stopped, no killin' what can't be killed. You can't see the eyes of the demon, until him come callin'...
Responder
#20
Khorazyn Escreveu:No fundo a Cobaia gosta de iscas tem é vergonha de admitir (lembra-me um dos livros do Preacher).

Se ele apesar de tudo ainda não consegue admitir que gosta de ovelhas, o que dizer de iscas... O moço vive em negação!
[Imagem: indiaslb1mj1o.gif]
Responder
#21
A negação é mais frequente no início da doença. É quando o paciente nega a sua doença e a gravidade do seu estado. Recusa-se a falar da doença e tende ao isolamento. "A negação funciona como um pára-choque depois de notícias inesperadas e chocantes, deixando que o paciente se recupere com o tempo, mobilizando outras medidas menos radicais".

A negação existe também em indivíduos fisicamente saudáveis, mas, em excesso é indicação de sintomas neuróticos ou, em alguns casos extremos, o excesso indicaria até sintomas psicóticos, como por exemplo e principalmente, o excesso dos mecanismos de projeção, negação da realidade e clivagem do ego.

Como se sabe a negação é a tentativa de não aceitar na consciência algum facto que perturba o Ego. Os adultos têm a tendência de fantasiar que certos acontecimentos não são, de facto, do modo que aparentam ser, ou que na verdade nunca aconteceram. Este vôo de fantasia pode tomar várias formas, algumas das quais parecem absurdas ao observador objectivo, mas que para estes indivíduos são perfeitamente normais, como a adoração de ovelhas e outras criaturas de quatro patas.
There's no stoppin' what can't be stopped, no killin' what can't be killed. You can't see the eyes of the demon, until him come callin'...
Responder
#22
Hmm... ovelhas... :roll:

Ahem... :oops:
"Being based on history, the stages of the game will also be based on battles which actually took place in ancient Japan. So here's this giant enemy crab..."
Responder
#23
Khorazyn Escreveu:A negação é mais frequente no início da doença.

Queres dizer que ele ainda vai piorar??? :shock:

Belo post, já agora Smile
[Imagem: indiaslb1mj1o.gif]
Responder
#24
You aint seen nothing yet.... :lol:

This is just the beggining... há uma frase que se aplica bem aqui.... esprial descendente ou em americano downward spiral...
There's no stoppin' what can't be stopped, no killin' what can't be killed. You can't see the eyes of the demon, until him come callin'...
Responder
#25
Khorazyn Escreveu:You aint seen nothing yet....

E tu achas que eu quero ver um homem adulto, de barba e cabelo compridos feito Nostradamus, a correr pelas ruas à procura de ovelhas? Aposto que os nativos aí de Timor já deviam ter palavras em tetum para dizer "tuga insaciável por ovelhas". Tongue
[Imagem: indiaslb1mj1o.gif]
Responder


Saltar Fórum:


Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)