Avaliação do Tópico:
  • 0 voto(s) - 0 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
V - O remake
#1
[Imagem: 76800507.jpg]
[Imagem: 59404521.jpg]

Muitos aqui devem recordar-se da mini-série V, em que extra-terrestres aparentemente humanos vinham para a Terra abastecer-se de água e mantimentos. A ideia estava boa, infelizmente o orçamento não devia ser muito e como tal não havia dinheiro para efeitos especiais decentes... ou bons argumentistas. Lembro-me de na altura ver a mini-série e gostar, mas revi os episódios há relativamente pouco tempo e fiquei espantado com o mau que aquilo era.

Assim de repente, e só porque gosto de fazer listas:
  • Os visitantes podiam levar uma rajada de metralhadora no peito que ficavam apenas atordoados por um segundo ou dois, mas um murro na cara ou um pontapé no peito punham-nos KO.
  • O personagem principal, supostamente procurado por todos os visitantes, ia tantas vezes disfarçado (fato de visitante e óculos escuros) à nave-mãe deles que mais valia arrendar lá um quarto.
  • À medida que o orçamento baixava, alguns personagens (tipo o do Michael Ironside) desapareciam sem razão aparente.
  • Num episódio em que havia um monstro numa zona de areia o pessoal que caía lá ficava a esbracejar e a espernear aos gritos (tipo Bela Lugosi com o polvo gigante no "Bride of the Monster") sem se chegar a ver monstro nenhum, e eram supostamente devorados off-camera.
  • Alguns dos personagens eram do mais irritante que há. Se ao menos os visitantes não tivessem pior pontaria que os stormtroopers do Star Wars ainda podia ser que não chateassem muito, mas infelizmente não era esse o caso.

Agora a ABC está a fazer uma espécie de remake do V, com o mesmo basic plot mas com personagens diferentes. O primeiro episódio está interessante, embora houvesse coisas que não fazem muito sentido. Então os visitantes sabem de uma concentração da resistência e enviam apenas uma mão cheia de tipos, armados com uma espécie de facas? E já agora, por que raio é que os visitantes precisam de estar com tantas mariquices com os humanos? Sendo eles uma tecnologia muito mais avançada, não podiam simplesmente conquistar a Terra, ou pelo menos disparar alguns eléctrodos de longa distância nas glândulas pineal e pituitária de pessoal que tenha morrido há pouco tempo?

Bom, vejamos como estão os próximos episódios...
[Imagem: indiaslb1mj1o.gif]
Responder
#2
O segundo a contar da direita é o Michael J. Fox?
"I have no answers for you, vermin. Only scorn!"
- The Vyro-Ingo, "Star Control 3"
Responder
#3
Na foto até que está parecido, mas não é. Smile
[Imagem: indiaslb1mj1o.gif]
Responder
#4
(12-11-2009, 17:03)Kanzentai Escreveu: O segundo a contar da direita é o Michael J. Fox?

Perguntei ao Jorge (via telélé) exactamente a mesma coisa. Tongue
Responder
#5
(12-11-2009, 17:03)Kanzentai Escreveu: O segundo a contar da direita é o Michael J. Fox?

E' o Bailey, claramente.
Responder
#6
Também já vi um bocado do primeiro episódio desta série; não sei ainda como é que vai ser, mas de qualquer forma eu não gosto de ver séries a conta-gotas, por isso espero que acabe. Smile

Quanto à original, Rufferto, as duas primeiras mini-séries são boas (sobretudo a primeira), mas o criador saiu a meio da segunda, e aquilo não "acaba" como era suposto inicialmente. Quanto à série (ongoing) que se seguiu, não só não teve qualquer envolvimento do autor original, mas, como dizes, havia muito menos orçamento (não a vi recentemente, mas na Wikipedia mencionam que até o efeito da voz dos lagartos teve de sair, passando eles a ter vozes normais e a passar por humanos muito mais facilmente, coisa que anteriormente tinha sido um "plot point"). Além de que a história era claramente para ter acabado no fim da 2ª mini-série.

Mas a mini-série original, com os paralelos ao fascismo / nazismo (a proposta original do criador nem tinha nada de ficção científica, era simplesmente sobre o aparecer de um movimento fascista nos EUA que eventualmente tomaria conta do país), a perseguição aos cientistas, os colaboradores, etc., era (IMO) muito boa.
"Being based on history, the stages of the game will also be based on battles which actually took place in ancient Japan. So here's this giant enemy crab..."
Responder
#7
Pois, acho que o principal problema do V é que não pode durar muito tempo. Uma vez que o mundo inteiro descubra quem são os visitantes e o que realmente querem da Terra, fica complicado a coisa não acabar relativamente depressa.
[Imagem: indiaslb1mj1o.gif]
Responder
#8
(16-11-2009, 13:47)Rufferto Escreveu: Pois, acho que o principal problema do V é...

Ser uma estupidez de uma ponta 'a outra.
E' um dos bons exemplos de que no's viamos todas as se'ries so' porque nao havia outra coisa.
Responder
#9
Acho que a ideia tem potencial para uma mini-série, simplesmente a coisa caía frequentemente no ridículo por algumas razões já aqui enumeradas. E uma das visitantes não é de todo desagradável à vista desarmada, embora lhe faltem dois atributos que tu muito prezas. Tongue
[Imagem: indiaslb1mj1o.gif]
Responder
#10
(16-11-2009, 16:06)Rufferto Escreveu: Acho que a ideia tem potencial para uma mini-série, simplesmente a coisa caía frequentemente no ridículo por algumas razões já aqui enumeradas. E uma das visitantes não é de todo desagradável à vista desarmada, embora lhe faltem dois atributos que tu muito prezas. Tongue

Ser lanzunda e dizer meh?

Ou então ter dois enormes seios...
Responder
#11
(16-11-2009, 17:20)Susana Escreveu: Ou então ter dois enormes seios...

Basicamente é isto:

[Imagem: 83686714.jpg]
[Imagem: indiaslb1mj1o.gif]
Responder
#12
(16-11-2009, 17:35)Rufferto Escreveu:
(16-11-2009, 17:20)Susana Escreveu: Ou então ter dois enormes seios...

Basicamente é isto:

[Imagem: 83686714.jpg]

São uns belos seios... para travesti. Que me perdoem mas é o que a Torizinha parece.
Responder
#13
Bem... neste momento ando a ver 4 series:

Ugly Betty - é de praxe já...

Fringe - absolutamente espectacular... os X-files dos tempos modernos...

Supernatural - acho que encantei com o Castiel... mas a série sempre foi interessante...

V - apesar de só estarem disponibilizados 4 episodeos, o certo é que a serie desperta curiosidade. Acho que o produtor é o mesmo do Lost... e embora tenha alguns aspectos um tanto "questionáveis", o certo é que esta série é boa.
"Sempre que possivel conversa com um saco de cimento... nesta vida só devemos acreditar naquilo que um dia pode ser concreto!"
Responder


Saltar Fórum:


Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)